sexta-feira, 5 de maio de 2006

As teias que a máfia tece

Do Correio da Manhã

“Durante a 174.ª audiência foi ouvido um antigo aluno da Casa Pia, que frequentou a instituição nos anos 80 – foi colega de ‘Teresa C’ –, e que em inquérito referiu ter sido levado por ‘Bibi’ a casa de Jorge Ritto, onde disse ter visto Carlos Cruz.

Ontem, porém, o ex-casapiano, de 40 anos, afirmou que nunca teve em casa do embaixador e que nunca tinha visto o apresentador. Os advogados da Casa Pia requereram o confronto com as declarações prestadas em inquérito, o que inicialmente foi negado pela defesa dos arguidos, mas o ex-aluno manteve o que disse na sala do Tribunal.

A testemunha alegou que foi pressionada por Adelino Granja e por Pedro Namora, o que levou o advogado de ‘Bibi’, Ramiro Miguel, a pedir também extracção de certidão para ser remetida à Ordem dos Advogados. João Aibéo não ficou convencido com a explicação e deu ordem para procedimento criminal por falsas declarações.”

Apenas três comentários:

O primeiro para sublinhar que, apesar de o meu nome ter sido referido nas notícias, nenhum órgão de comunicação social me procurou, ao contrário do que fizeram com um ser abjecto de Alcobaça, para comentar o que me é imputado e é absolutamente falso. O ex-aluno que foi ouvido tem 40 anos e os crimes de que foi vítima na década de oitenta não podem já ser julgados.

O segundo para reafirmar o que desde o início das manobras dilatórias denunciei: por este caminho, ainda vai aparecer alguém a garantir que as crianças é que violaram os pedófilos. Não há dúvida de que a máfia trabalha bem…
O terceiro para alertar: isto não passa de foguetório para iludir o que verdadeiramente está em discussão e interessa silenciar. Dezenas de crianças violadas exigem reparação, o que passa sobretudo pela conclusão do processo que está em julgamento e que se vai arrastando com sucessivas manobras dilatórias.

4 comentários:

escrevi disse...

Como é que isto vai acabar?
Eu até que queria confiar na justiça portuguesa, mas sinceramente, acho que não vai dar em nada.
E no fim ainda os jovens vão ser condenados por assédio sexual.
O processo passou à história, as pessoas já não estão escandalizadas, já passou muito tempo...
Era preciso fazer alguma coisa que mobilizasse novamente a opinião pública para o assunto.

Um beijo Pedro, a luta continua.

GR disse...

Li a notícia!
O que a Máfia Pedófila pretende é, desgastar o caso, desacreditando-o.
Senão vejamos, quando começou o processo, as televisões, jornais e rádio, diariamente o comentavam.
Lentamente com as denúncias de nomes “maiores” ou seja de políticos, o caso deu uma rotação de 360º.Já é normal! Sempre que há um processo, onde nomes de mafiosos estejam metidos, começam as contradições, o diz que não disse, o consumir das imagens, dos factos. Mais tarde vimos a saber que os culpados, até são indemnizados ou assim o exigem!
Não consigo entender como é possível, ex-casa pianos venderem-se! Mas há dinheiro que pague a verdade e a honra? Fazem-me lembrar ratos de esgotos, existem, mas todos têm nojo deles. Acabam odiados e muito sós.

É a tristeza deste país, deste (des)governo, desta justiça, desta comunicação social!

Pedro,
Todos nós sabemos que devido à tua coerência, à tua postura política, à tua intransigência no processo Casa Pia a favor da verdade e da justiça,que és “persona non grata»,” para esta perigosa e poderosa mafia!
Cada vez menos há quem se acredite nestas vergonhosas contradições!
A verdade tem que imperar!
Neste teu sofrimento de te tentarem falsear, atraiçoar, desacreditar, silenciando-te, tens neste momento uma multidão que sabe que, és um homem de bem!
Não estás só!
A tua verdade, a tua luta, é a justiça das Vítimas! Os heróis, os lutadores, são os que mais sofrem, o que mais têm que suportar!
Tens uma multidão a lutar e sofrer contigo!

Um beijo muito solidário,

GR

zemanel disse...

Acreditamos Namora na Justiça que se fará. Sabemos quem tu és, e eles também sabem. É isso que lhes custa e carregam sobre ti a raiva, o ódio e a vingança.
Que te dizer namora, se vais pagando bem cara a tua luta.
Que dizer a um revolucionário, como tu, que luta contra poderosos sem rosto.
FORÇA AMIGO!
Pelos filhos dos homens que nunca foram meninos!

Sérgio Ribeiro disse...

Mais um abraço, Pedro.
E todos serão poucos...