terça-feira, 20 de novembro de 2007

Prós & Prós

Considero verdadeiramente inaceitável que num programa que se designa "Prós & Contras", a RTP tenha decidido hoje, excluir da mesa do debate qualquer defensor do senhor Presidente da Venezuela, sobretudo quando trouxeram de Espanha um director de jornal conhecido pelas suas posições de extrema-direita, que sentaram na mesa, em detrimento de outro jornalista espanhol, remetido para a primeira fila da assistência .

Talvez nos achem burros e incapazes de vislumbrar tanta lavagem e condicionamento de consciências. Se pretendessem organizar um debate sério e plural, tinham convidado o senhor embaixador da Venezuela em Portugal. Ou alguém que o representasse. Mas na verdade têm medo da verdade. Assim, objectivamente, o que conseguiram, além de amputar o debate, foi produzir um programa manifestamente ofensivo de um Presidente eleito democraticamente e de um país onde residem centenas de milhar de portugueses. E tudo sem qualquer possibilidade de contraditório.

Fátima Campos Ferreira é mestre nestas situações. Há tempos convidou-me para participar no programa, intervindo da primeira fila da assistência. Quando quis saber quem iria para a mesa, disseram-me que seria a esposa de um dos arguidos do processo Casa Pia. Obviamente, recusei.

Diligente e democrática, a senhora fez questão de me telefonar para me informar de que tudo teria sido um lapso: o convite era só para que eu assistisse na assembleia. E sem direito sequer a intervir.

E ainda fala esta gente em democracia e pluralismo.

6 comentários:

GR disse...

Este programa é um embuste!

Uma farsa! Então a Fátinha teve a ousadia de dizer que o programa de televisão venezuelano “Alô Presidente” ao programa ia gente “sorteada”, “um escândalo!”.

Não é escândalo, convidarem (para o público) um ex-emigrante, após terem feito um INQUÈRITO (via telefone), comunicaram que a responsável do programa iria ouvi-lo.
Recusou o convidado?

PORQUE RAZÃO NÃO ACEITOU?
RECUSOU UM EX-EMIGRANTE QUE CONHECE A VENEZUELA HÁ 53. PORQUÊ?

-Em que ano emigrou?
Em 1953.
- Tem lá família?
Tenho lá um filho que não quer vir para cá.
- Então que faz ele?
- Qual a área de trabalho?”
- Ahhh! é técnico intelectual???
- Mas que me diz da violência?
- E a falta de condições? E de liberdade?
Aqui há falta de liberdade de expressão, lá não notei! Se lá a houvesse (liberdade de expressão), como era possível ouvirmos na televisão os pró-americanos e anti Chaves, a dizerem tão mal dele?
- Conhece hoje a Venezuela?
- Ahhh! vai lá todos os anos???
- Tem ainda amigos lá? Como reagem?
Conheço muitos que me dizem que nunca venderam tanto, o comércio está bem!
Actualmente, todos podem usufruir de alimentos, educação e saúde!
Aqui é que não!
Reconheço que há ainda grandes e graves problemas, devido também à política externa que em nada ajudam a Venezuela. Todavia, há uma grande confiança no Presidente Chaves e na sua política, voltado para o bem-estar do povo e daquele grande país.
- «POR QUÉ NO TE CALLAS?» o que tem a dizer das palavras do rei?
Muito inconvenientes! A Cimeira era para Chefes de Estado, ele nem sequer havia de lá estar presente, como monarca que é!
- Mas Chaves! Acha que foi correcto?
Claro que foi! O que não foi correcto foi Aznar ter tentado contra a vida do Presidente, democraticamente eleito.
-Juan Carlos é rei de Espanha!!!
Juan Carlos prestou juramento perante as Cortes franquistas. Franco foi um dos mais temíveis fascistas!

-Muito Obrigada, terminamos!
-Agradeço o tempo que me dispensou. Irei mostrar a gravação à responsável e depois voltamos a telefonar. Boa tarde e mais uma vez muito obrigado. Tentarei ser breve.

Após algum tempo, 30 minutos ou mais.

- Estou novamente a comunicar. Pedimos desculpa mas, o programa termina tarde, terá que fazer uma longa viagem.
Não faz mal, terei muito gosto!
- Agradecemos bastante, mas não vale a pena vir.
- Peço desculpa e mais uma vez agradeço a atenção dispensada.

O ex-emigrante e agora ex-convidado, bem explicou que não havia problema, mas a educada e simpática funcionária (S.C.) depois de muitas desculpas e agradecimentos, declinou!

Isto não é “sorteio”? não é “escandaloso” ?

Fátima Campos tenha vergonha!
Vá dar lições de democracia aos seus amigos, Bush, Sócrates, Durão e Aznar, irão adorar!


GR

josé manangão disse...

Pedro
Este Partido Socialista, ainda não fez a declaração pública de coligação com o PSD, porque esta é a melhor maneira de enganar os Portugueses.
Na prática essa coligação existe,com o apadrinhamento do Presidente da Répública.
Pretencem todos ao clube que aplaudiu o que se passou em TIMOR, a invasão do IRAQUE etc.
A Democracia é cozinhada por eles,temperada por eles,ao gosto deles, executada pelos cozinheiros e cozinheiras do costume.
Bem hajas PEDRO por recusares, colaborar nestes peseudo PRÒS ePRÒS que apenas servem os interesses do poder constituido á custa do voto dos Portugueses menos esclarecidos.
José Manangão

Anónimo disse...

Meu Caro Amigo;
Primeiro gostava de me render à sua inquebrantável vontade de ver Justiça neste caso( Casa Pia) que enporcalha o bom nome do cidadão português que respeita a Pátria,os seus concidadãos e principalmente o ideal de sonhar com uma Justiça séria e competente, que aliás, diga-se, é uma miragem.O caso dos Prós & Contras é um exemplo de muitos, mas muitos mesmo,do engraxismo mais puro e serventil.
Em Portugal só se safa quem estiver ao lado daqueles que se julgam os donos do país.Gente preversa e mafiosa, que com as subtilezas da chantagem lá vai levando a água ao seu moinho.
Até quando?
Só com homens da estirpe do meu caro amigo e de outros que tal, este país pode ter coragem e vontade de expurgar estas sanguessugas do poder.Porque a nossa vergonha vem do facto de votarmos em gente pressupostamente séria e honrada(em vias de extinção)e depois depararmos com hipócritas, corruptos, pedófilos e autênticos bandidos que estão no poder ao serviço das máfias económicas.
Caro amigo, mais uma vez lhe endereço um grande abraço e toda a minha solidariedade na sua caminhada.Não sei se acredita em Deus, mas pode ter a certeza que Ele não dorme e lhe dará um dia motivos para sorrir.Eu rezo e esforço-me por isso.
Armando Almeida
Viseu

Anónimo disse...

CARO DR PEDRO NAMORA !
AINDA BEM QUE NÃO ASSISTI AO PROGRAMA E( MELHOR AINDA) QUE ME BASTOU LER A SUA DESCRIÇÃO PARA VER COMO É QUE... "PIA O MOCHO " ...DE PRÓS & PRÓS JÁ TEMOS A NOSSA CONTA !ABENÇOADO PAÍS QUE A TUDO (CADA VEZ MAIS) TEM DIREITO(s)!A CAMPOS FERREIRA -ASSIM ,TUDO P'RÓ ! NÃO VAI LÁ !
ABRAÇO AMIGO
JOÃO CARREIRA

Anónimo disse...

Caro dr. Pedro, ultimamente já nem sequer assisto ao programa dessa senhora, pois se há assuntos que até me interessaria ver discutidos e bem opinados, a parcialidade e outras coisas mais, que ali se vêm deixam-me sempre irritada, por isso.... o seu comentário de hoje não me estranhou nada. Para além disso a sua opinião "INCOMODA O PODER POLITICO QUE ELA TÂO BEM REPRESENTA". Enfim é o País que nós temos.....

vousercomoatoupeira@blogspot.com disse...

O Prós e Contra é o prgrama de condicionamento mental do regime!