quarta-feira, 18 de maio de 2005

Incontornável

1 comentário:

GR disse...

Karlucci ou o Carrasco de ABRIL!

É com grande mágoa que recordo um dos carrascos da Revolução de Abril!
Sim, Abril não morreu! mas a Revolução foi ferida. E a Frank Carlucci, contribuiu. E de que maneira! Claro que a responsabilidade não foi só dele. Mas que ajudou, ninguém o pode negar!
O Sinistro embaixador, é nomeado por Henry Kissinger para vir “destruir” Portugal em 1975,
A sua estada na altura é amistosa com todos os partidos de direita, mas é com Mário Soares que trava grandes laços de amizade.
É também em 1975 que temos a intentona militar Contra Revolucionária, ou seja o 11 de Março. O Povo, une-se e Spínola é derrotado, exilando-se no estrangeiro. Dias de grande turbulência, para a jovem Democracia.
Começa a desestabilização no país, a CIA/Carlucci, ajudam os partidos de direita, e o seu amigo Mário Soares. Por todo o país, os Centros de Trabalho do PCP, são confrontados com incêndios, bombas, agressões, a Embaixada de Cuba em Lisboa, é destruída. Estávamos no “Verão Quente” que leva à demissão do Governo e do nosso querido 1º Ministro Vasco Gonçalves! Algum tempo depois Frank Carlucci iria embora, tinha deixado na Revolução de Abril, as metástases do fascismo/imperialismo americano. Que ainda hoje, tentamos combater.
Foram momentos de grande angústia! Momentos difíceis! Mas de LUTA!
Mas, os CRAVOS de ABRIL, continuam vivos e VERMELHOS!Há 31 anos!
Mais recentemente, ouvimos o nome deste crápula, relacionado com o caso da Casa Pia!
Afinal não só quis destruir a Revolução de Abril, como os “meninos que nunca foram crianças”. Mas o silêncio neste caso continua! Até quando!

Um abraço,
GR