sexta-feira, 6 de maio de 2005

Anna C. Salter


Nesta obra Anna Salter proporciona-nos um olhar directo sobre o alarmante problema da pedofilia. Baseado na sua experiência em lidar com vítimas e ofensores, a autora elaborou um livro sem respostas milagrosas mas que ajuda os pais a saberem reconhecer e em última instância a impedir os agressores sexuais de se aproximarem das crianças. Apesar da publicidade que envolve muitos casos mediáticos, Salter acredita que existem ideias erradas relativamente aos invasores. “A maioria dos crimes são premeditados e meticulosamente planeados, e menos de 5% são punidos” avança a autora. Por meio de algumas tácticas de prevenção como controlar o acesso à Internet das crianças, disponibilizar-lhes um telemóvel e utilizar em casa sistemas de segurança apropriados, a estratégia passa por reconhecer potenciais pedófilos, não esquecendo pessoas conhecidas (amigos, vizinhos, colegas ou professores) e personalidades de elevado estatuto social, que por vezes se escudam na sua condição, para enganar na perfeição os pais das crianças indefesas. Uma obra absolutamente indispensável de uma psicóloga doutorada em Harvard, que dedicou os últimos vinte anos da sua carreira ao estudo de criminosos sexuais.
Sinopse elaborada pela Editorial Presença

2 comentários:

Elise disse...

Recordo quando na Oprah, um pedófilo foi confrontado com as suas acções e admitiu que todas as violações foram planeadas ao ínfimo pormenor. Primeiro ganhava a confiança da criança, depois começava com brincadeiras tão ingênuas como fazer cócegas. Tudo, tudo era planeado. Foi assustador. Esta autora é também uma grande opositora daquela pseudo-psique Elizabeth Loftus, certo?
Nos EUA há um grupo de pessoas que se dedica a apanhar pedófilos na net. http://www.perverted-justice.com/

Pedro Namora disse...

Certo Elise. De facto como diz a autora, é típico dos criminosos sexuais criarem laços com a criança e servirem-se desses laços para manipulá-la e levá-la a ter relações sexuais com eles.