sábado, 7 de abril de 2007

Memórias do Cárcere

"Quem dormiu no chão deve lembrar-se disto, impor-se disciplina, sentar-se em cadeiras duras, escrever em tábuas estreitas. Escreverá talvez asperezas, mas é delas que a vida é feita: inútil negá-las, contorná-las, envolvê-las em gaze. "

Graciliano Ramos - Memórias do Cárcere

4 comentários:

Alte Pinho disse...

É um livro fundamental na minha biblioteca. Já o li várias vezes, e recomendo-o vivamente. Empresto-o sempre, cheio de recomendações e alertas para que o tratem bem.
O certo é que, apesar dos infindáveis empréstimos, sempre a mim regressa, já de capa um pouco gasta, mas sempre com aquela pontaria certeira das palavras a que Graciliano Ramos emprestou o seu génio.
"Momórias do Cárcere", está agora em casa do Luís Roovers, que o tem devorado página a página e, ao que presumo, aconchegando-o ao seu coração do tamanho do Mundo.
Recomendá-lo aos mais novos, como destino de leitura, é também fundamental.
Obrigado por te teres lembrado de um dos meus autores lusófonos preferidos.

Alte Pinho disse...

É um livro fundamental na minha biblioteca. E, Graciliano Ramos, um dos meus autores lusófonos preferidos.
"Memórias do Cárcere" é uma obra que recomendo vivamente, e empresto-o muito. Agora é o Luís Roovers que o tem à sua guarda.
Obrigado por te teres lembrado de um dos escritores mais geniais da língua portuguesa.

GR disse...

O único livro que tenho e li de Graciliano Ramos, (ainda em dois tomos).
Centenas de páginas relatando a dor. A sua própria dor e a dos seus companheiros.
Tempos de resistência e fortes convicções. A censura, repressão, tortura, perseguição, acusação, retratou o período mais negro da história do Brasil.
Magnífico livro de memórias.

GR

GR disse...

O único livro que tenho e li de Graciliano Ramos, (ainda em dois tomos).
Centenas de páginas relatando a dor. A sua própria dor e a dos seus companheiros.
Tempos de resistência e fortes convicções. A censura, repressão, tortura, perseguição, acusação, retratou o período mais negro da história do Brasil.
Magnífico livro de memórias.

GR