segunda-feira, 29 de outubro de 2007

Os cobardes não brincam

Segundo a jornalista Patrícia Pires, do PortugalDiário, Catalina Pestana está a ser perseguida. E uma das vítimas foi cruelmente sovada.

"Desde que falou sobre «mais abusos» a alunos da instituição, a ex-provedora reparou «num homem estranho» com quem já se cruzou «em locais diversos». Demasiado «distintos» para ser coincidência. Testemunha do processo também foi violentamente agredida há cerca de três meses"

Catalina Pestana, ex-provedora da Casa Pia, contou ao PortugalDiário que tem sido «seguida», porque já se cruzou, «várias vezes em locais muitos distintos», com «o mesmo homem». Desde quando? «Não posso dar a certeza absoluta, mas tenho ideia que foi após dar a entrevista ao semanário Sol», afirma.

Apresentar queixa ou pedir protecção especial não está nos planos de Catalina Pestana. «Não tenho medo. Nunca tive protecção e não é agora que vou pedir», garante. A ex-provedora sabe que não é a primeira vez que a «seguem» e exemplifica, com outra situação. Recentemente, soube que esteve «um carro parado muito tempo num largo perto da minha casa, para ver quem entrava e quem saia de minha casa». Com alguma ironia exclama, «nunca viram nada de especial, não tenho nada a esconder».

Catalina Pestana garante que não vai mudar a sua vida por causa deste «homem» mas reconhece que os seus amigos «estão preocupados» com esta nova «perseguição». Os seus olhos cruzaram-se com «ele» em locais tão diversos que é impossível «ser coincidência».

O último «encontro» aconteceu num jardim de Lisboa e Catalina Pestana estava acompanhada. Os presentes repararam no «ar de gozo» e «no olhar» que o homem lançou à ex-provedora.

Testemunha foi «sovada»

Mas o que a mais preocupa a ex-provedora da Casa Pia são os jovens que acompanhou nos últimos anos e que foram vítimas de abuso sexual. Há cerca de três meses uma das testemunhas do processo «foi agredida» violentamente. «Eu vi com os meus próprios olhos como ele ficou, sei que não foi tanga», conta.

De alguma forma, o facto de os jovens terem deixado de ter protecção, por parte do corpo de segurança pessoal da PSP, é motivo de preocupação. Actualmente, os seguranças apenas são chamados para irem com os jovens a tribunal. «O local onde provavelmente estão mais seguros», desabafa Catalina Pestana. Apesar da presença «da sombra» mantém as declarações que fez ao semanário Sol e espera que a denúncia seja investigada."

10 comentários:

Papoila disse...

Pois não...os cobardes não brincam mas tiraram a vontade de brincar a muitas crianças deste País.

BF

GR disse...

Num Estado de Direito, a Dr.ª Catalina Pestana já teria protecção policial (compreendo e enalteço a sua posição, porém, a decisão terá de ser das autoridades), para seu bem-estar ou de qualquer outro cidadão. Para além que a Dr.ª é testemunha de um processo tão delicado como o da CP, só por isso teria que usufruir desse direito que a lei confere.
Quem será que persegue a Dr.ª e qual o intuito?
Como se encontra a testemunha agredida? Quer física e psicologicamente?
Está a ter o devido acompanhamento?
Os agressores se ainda não foram apanhados, alguém os procura?
Porque razão lhes foi retirada a protecção policial?

Cada vez mais, pessoas públicas recorrem à protecção policial!

Não é uma questão de coragem! Está demonstrado que a têm.
É uma necessidade! não só para v/ bem, mas também para as vítimas deste processo.
Que sucederá às vítimas, sem o v/ apoio?
Quem beneficia?
E quando algumas testemunhas, mulheres e homens de grande coragem deixarem ou não poderem apoiar?

Já aqui o disse e renovo. Vocês estão certos do perigo que correm! E os cidadãos estão cientes que toda a responsabilidade recai sobre o Estado Português, por algo que lhes possa acontecer!

A Rede não brinca! Mata!

Um bj solidário para a Srª Dr.ª Catalina Pestana e para ti Pedro.

Vale a Pena Lutar!

GR

Anónimo disse...

Caro Pedro
Vim cá só para lhe deixar um abraço reconfortante.
Que posso fazer por si?

jose zamith disse...

...uma questão de carácter....vale a pena ver este video. No fundo representa o estado da nação...

http://www.youtube.com/watch?v=e9K9RxX_ecQ

Anónimo disse...

Camarada, peço-te que nunca deixes de lutar pelo direito das crianças a serem crianças

Anónimo disse...

http://www.scribd.com/doc/6469/David-Icke-The-Biggest-Secret
Leia este livro.
Outro abraço para o nosso Heroi!
Depois sugira-me que podemos fazer?

© CAMERAMAN METALICO disse...

Esses gajos queriam era ser todos capados, acabava-se a mama... desculpa lá o desabafo!
Ando pelos cabelos com este caso... abraço fraterno - CM

fotógrafa disse...

Desde o tempo em que veio ao conhecimento publico, todos os abusos, que as crianças da Casa Pia,(e não só)têm sofrido (e sofrem, que tenho seguido toda esta saga...bem como todos os
problemas que lhe surgiram, e ás outras pessoas que frequentaram e frequentam a Casa Pia...
É vergonhoso e inadmissivel, o que se passa no nosso país! Como é que se deixa impunes tanta gente, e quase se condena as pobres das vitimas?!?...
Tenho comentado já várias vezes, que nesta nossa sociedade, anda tudo ás avessas...qualquer dia as vitimas, passam a arguidos...e os que estão a ser julgados(concerteza por alguma coisa, não é verdade?...) ainda vêm todos cá para fora, com brutas indmenizações, pagas com os impostos dos portugueses...
Bem, sem contarmos, que há um deles, que já anda outra vez a ser aplaudido nalguns canais de TV...e recomeçou a apresentar espectáculos no Casino Estoril...
Isto só visto!!´! esta é a nossa terra de brandos costumes...
A Dr.Catalina, espero, é uma grande senhora e não se intimida, apesar de sabermos que por cá também existem...polvos...etc..etc...
Dr.Pedro Namora, nunca perca a força que tem...é muito melhor viver de bem com a nossa consciência, do que de bem com o mundo...
Um abraço

Antuã disse...

Temos um poder com laivos neofascistas. por isso eles perseguirão aqueles que os enfrentarem. eles perderam a pouca dignidade que tinham. São bestas para quem a dignidade dos outros não existe e, por isso, enquanto tiverem poder continuarão a cometer crimes hediondos. Façamos tudo para correr com eles o mais rapidamente possível. Lutar sempre mesmo que custe a própria vida já que estes mafiosos não têm pudor.

João Santos disse...

Aqui fica um link para o blogue Random Blog02, onde se encontra um post que explica as ligações da actual presidente da Casa Pia, Joaquina Madeira.

A mesma dirigente teve ligações à Fundação D. Pedro IV, instituição que de acordo com um relatório da Inspecção da Segurança Social de 2000, foi proposta a sua extinção.

Segundo o mesmo relatório, o seu presidente, Vasco do Canto Moniz, utiliza as verbas da Fundação em proveito próprio para aplicar em negócios do sector imobiliário.


Presidente do Conselho Directivo da Casa Pia - Joaquina Madeira