terça-feira, 30 de outubro de 2007

A luta continua!



Em Setembro de 2005 escrevi neste blogue o que, por ser cada vez mais actual, reproduzo agora:

"Queridos irmãos casapianos,
Se, como espero, persistirem na infâmia de não escutarem a dor que vos inferniza a existência, todos os segundos de todos os dias;
Se recusarem o que aceitaram para outros, só porque estes podem mais e têm dos cordéis que tudo determinam melhor conhecimento;
Se como espero, vierem apressados clamar que agora tudo acabou e no andor colocarem os bandalhos;
Se as trombetas ecoarem triunfantes calcinando-vos com a desonra da mentira;
Se os que tudo vendem ou alugam, fingirem agora ter consciência;
Quero dizer-vos, queridos irmãos de condição, que nem por um segundo duvidei dos vossos testemunhos. Sei dos que cometeram o massacre. E acima de tudo vi os vossos olhos pejados de sofrimento, de revolta, de abandono.
Nós sabemos que a verdade é outra: eles são compadres de outros como eles. E de outros ainda piores. Têm muito poder, tesouros e mundos para ofertar.
Nós somos apenas os filhos da desdita mil vezes humilhados.
Mas, se como espero, decidirem fingir que afinal não foi como sabem ter sido, nem por isso vamos desistir. A desonra é deles! Será deles a vergonha!
Nós continuaremos convictos de que valeu e vale a pena lutar!
Podem encomendar decisões, mas a vossa dignidade não compraram.
Eles são os carrascos. Vocês os heróis que o povo admira e respeita profundamente."

24 comentários:

fotógrafa disse...

Esta é uma Pátria madrasta!!!
Os mais pequenos e indefesos, são atacados pelos prededores que andam á solta...
Assim vai a nossa sociedade, só que é preciso nunca desistir... que a verdade, mesmo que seja um pouco tarde, chegue!!!
Assino por baixo tudo o que aqui escreveu!

Anónimo disse...

Toda a gente em Portugal acredita nos testemunhos dos casapianos!
Estamos só com dúvida é como é que os abusadores nojentos arranjam maneira de se livrarem desta.
Podem ter a certeza que todos em pt acreditamos em vocês.
Muitos abraços reconfortantes para osdos os herois sobreviventes ao horror.

http://www.scribd.com/doc/63489/David-Icke-Who-really-rules-the-world


http://www.scribd.com/doc/6877/Springmeier-Fritz-Bloodlines-of-the-Illuminati

http://www.scribd.com/doc/6692/De-Vere-Nicholas-The-Origin-of-the-Dragon-Lords-of-the-Rings

http://www.scribd.com/doc/432249/David-Icke-The-Biggest-Secret

Toda a gente está farta de saber que os casapianos dizem a verdade.
tambem sabemos que quem vocês acusam são repteis asquerosos.
Podem ter a certeza disto!
E deixo muitos abraços reconfortantes para os meus herois que denunciaram este horror.

Anónimo disse...

Ás vezes calamo-nos e isso é mentir!
Ás vezes fingimos não ver e isso é mentir!
Ás vezes fingimos que não choramos,que foi apenas poeira que nos entrou nos olhos e isso também é mentir!
E quando nos rimos em dias de calor,sem que consigamos aquecer,também estamos a mentir! Mas ás vezes dizer a verdade é tão difícil,dói tanto e tão fundo,que preferimos mentir.E calamo-nos!Ou teimamos em rir, para disfarçar a angustia,a dor,a vergonha e a solidão.
No entanto a verdade está nos olhos,que são o espelho da alma, e só não a vê quem não quiser!
Tu tens um olhar franco Pedro,aberto e brilhante.
Aquele olhar que de tão trasparente parece de criança.
Continua a lutar,camarada!
Por ti, pelos teus irmãos,pelos teus camaradas,pelos teus amigos...
"...Há,em suma,que dar ao homem uma visão optimista de si próprio; o homem desiludido e pessimista é um ser inerte, sugeito a todas as renuncias, a todas as derrotas- e derrotas só existem aquelas que se aceitam!"
Bento de Jesus Caraça
Um abraço Pedro.

Clara Sousa disse...

Quero juntar-me a si,Pedro Namora, para dizer às crianças, vítimas destes crimes infâmes, que acredito profundamente nelas e que guardarei para sempre no meu coração a sua coragem, em enfrentarem arguidos poderosos e intocáveis, e um sistema judicial injusto e cruel com as vítimas. A coragem das vítimas contribui para que a sociedade respeite mais a dignidade humana de todas as crianças e denuncie mais estes crimes. O processo Casa Pia vai marcar a história do nosso país e criar para sempre uma intolerância da consciência social em relação aos crimes de abuso sexual contra crianças. Obrigada!

Clara Sottomayor

Maria disse...

Não conseguindo escrever nada, deixo-te um abraço enorme, Pedro, pelo Homem que és, pela Coragem que tens, porque tenho a certeza que Vale a pena lutar!

Anónimo disse...

"Nós sabemos que a verdade é outra: eles são compadres de outros como eles. E de outros ainda piores"
E o que nós sabemos, ainda que adormecido, ninguém "agarra nem domina nem destrói" com diz o poema:

"As ideias não sabem estar quietas,
remexem, baralham, desassossegam,
dançam em vertigem cá por dentro.
Mais velozes que a luz, vão sem limites
fugindo e regressando ao pensamento.

As ideias são marés que vão e vêm,
tão imensas como os imensos oceanos.
Ora revoltas, ora mansas, adormecidas,
são perversas, criativas, grandiosas,
agem livres, em segredo, pecaminosas.

Nada as agarra nem domina nem destrói.
A fonte que as gera nunca seca.
nem chicote nem machado nem prisão,
nem fronteira nem lei, conveniência,
diminui o seu brotar de explosão.

As ideias são o maravilhoso no Humano,
a rebeldia, a liberdade, o atrevimento,
a herança do divino, a fuga, a fantasia...
Mais que o amor elas nos dão a mocidade
e a centelha de sonhar com a eternidade!

FINA D'ARMADA
(em Âncoras e Horizontes)

Anónimo disse...

Olá Pedro
Os nossos ideais de justiça, igualdade e solidariedade sentem-se sempre que falas dos meninos, alguns hoje homens como tu. Continua meu amigo.
Um abraço e um beijo grande da
Clara (CML)

Antuã disse...

os sabujos pavoneia-se por televisões, rádios e jornais. Todavia, um dia virá a surpresa e os meninos portugueses serão vingados. um sabujo é sempre sabujo mesmo que sorridente. os meninos merecem a nossa luta e anossa vida.

moonlover disse...

Boa Tarde Paulo, quero deixar o meu apoio absoluto desde o primeiro momento aos casapianos, nunca em altura nenhuma duvidei deles, nem os amigos com quem troquei ideias, sempre observamos esta situação com uma revolta de não ver a justiça feita!
Li este texto com um nó na garganta, de frustação, por não poder, de alguma forma, ajudar.
Admiro muito o que fez pelos casapianos, desejo-lhe muita sorte e felicidade na sua vida.
um beijo
elisabete

josé manangão disse...

Pedro.
Sei que foste chamado a depor no DIAP,coragem,lembra-te que estamos contigo e, com as vítimas, dos ABUTRES!
Um abraço
José Manangão

GR disse...

Dois anos passaram e o processo C.P. arrasta-se. Desta vez, de uma forma diferente!
Dúvidas? só colocadas ao Estado, aos magistrados, ao (des)governo.
Dúvidas? ao actual silêncio de todos os partidos políticos, representados na AR.
Dúvidas? a todos que directa ou indirectamente possam (mas não querem) interceder pelo desfecho rápido deste vergonhoso processo.

Porém, o processo arrasta-se de uma forma diferente!
Os cidadãos, já não têm dúvidas (se é que as havia!) quanto aos verdadeiros testemunhos das vítimas!
Os cidadãos, já estão cientes dos perigos que correm as nossas crianças. Ontem as vítimas foram os meninos e jovens da Casa Pia, amanhã serão os nossos!

Pelas as mais variadíssimas razões sabemos (hoje) que, não há vontade política, social e institucional de resolver o processo CP, denunciado pela jornalista Felícia Cabrita nos finais do distante ano 2002.

Pedro,
Muito trabalho, contrariedades, perigo, lágrimas e sorrisos irão passar, mas a Justiça vencerá!

O teu post é extremamente belo e comovente!

GR

Anónimo disse...

Espero não ver a justa luta contra o abuso das crianças da Casa Pia como uma nova frente de luta do PCP contra o governo.

Luís Bonifácio disse...

Força Pedro

Um grande abraço para ti e para a Dona Catalina.

O vosso esforço titânico, numa altura em que ninguém se parece importar com a "Legalização" do crime é um exemplo para as pessoas de bem que ainda existem neste país.

Sérgio Ribeiro disse...

Uma frente de luta contra o Governo? Mas quem é que abre as frentes de luta? Há aí uma lamentável inversão de posições. Não quis já o PS abrir - e de maneira - uma frente de luta contra as vítimas e contra quem está do lado das vítimas destes comportamentos ignóbeis?
O mal e a caramunha? Não pega!

Para ti, Pedro, um grande abraço. A luta vale sempre a pena!

Assino como mero cidadão, exigindo que ignorem a minha filiação partidária.

Anónimo disse...

Acho insuportável que continuem a revitimizar as vítimas destes répteis nojentos.
Eu deixei de trabalhar em certa área só para não ter de voltar a encarar estes nojentos!
Toda a gente sabe que os meninos da Casa Pia dizem a verdade.

Anónimo disse...

Dr.Pedro Namora,imagino quanto tem sofrido e o muito que estará para vir não o deixarão sossegar.Ademiro a sua coragem,a sua bondade para com os indefesos.
Continue Campeão!!!
Bem haja!!!
Muito obrigado por tudo o que tem feito e, por certo,pelo que continuará a fazer.
José Manuel

GR disse...

Anónimos

«Dúvidas? ao actual silêncio de todos os partidos políticos, representados na AR»
Se está a referir-se ao meu comentário. Considero uma provocação insensata! Estamos abordar uma matéria séria demais, para tal atitude.
No entanto, o PCP ao longo dos seus 86 anos, luta intransigentemente por uma sociedade liberta da exploração do homem pelo homem, luta contra as desigualdades, a opressão, as injustiças, os flagelos sociais, pelo respeito pela vida humana, entre muitas outras causas.
Como pode verificar, há 86 anos que o PCP tem todas as justas “frentes” na sua luta. Na área da Criança, dando alguns exemplos no combate: Exploração Infantil, Prostituição Infantil, a Criança Vítima de maus-tratos, Criança e Jovens com Doenças Raras (tendo sido o único partido a receber na A.R. um grupo de mães, quando estas deram a conhecer este sério problema, mais nenhum as quis receber), alguns exemplos dos muitos da luta consequente do PCP. O PCP, não necessita de manipular as situações para analisar o mau desempenho deste (des)governo, manifesta-se sem rodeios com toda a dignidade como sempre o tem feito, qualquer que seja a matéria em questão.
Sobre o complexo e delicado processo da Casa Pia.
O PCP em 2002 pela voz do seu Secretário Geral, pronunciou-se nos órgãos de comunicação social, o Comité Central fez várias referências sobre esta matéria, tendo saído alguns comunicados.
Contudo, era meu desejo que o processo Casa Pia tivesse neste momento mais ênfase. Que todos os militantes do PCP exigissem (energicamente) que as autoridades competentes assumissem esta causa como uma causa de prioridade Nacional, no seguimento do que é normal no grande Partido de vanguarda que é, o PCP.
Mas acredite, não me refiro só ao PCP, mas também, a todos os outros partidos, organizações sociais, assim como à população em geral!

GR

Homem Valente! disse...

O PEDRO NAMORA é corajoso!
É um perseguidor de pedófilos e não lhes dá descanso.
A 'tanquilidade' a que certa casta de pedófilos em Portugal se tinha acomodado, foi denunciada pela CORAGEM de PEDRO NAMORA que fez com que se acovardassem
Muitas crianças foram salvas das garras dos tarados pedófilos em consequência das denúncias corajosas de PEDRO NAMORA
PEDRO NAMORA INCOMODA QUEM SE SENTE INCOMODADO - OS PEDÓFILOS

O Puma disse...

OBVIAMENTE QUE A TRIBO DO GOVERNO

SE PROTEGE

OBVIAMENTE QUE TEM INTERESSE EM SE PROTEGER

FORÇA - QUE NUNCA TE DOA A VOZ

O Puma disse...

OBVIAMENTE QUE A TRIBO DO GOVERNO

SE PROTEGE

OBVIAMENTE QUE TEM INTERESSE EM SE PROTEGER

FORÇA - QUE NUNCA TE DOA A VOZ

O Viriato disse...

Haverá alguém que ainda duvide da versão das crianças ofendidas?
O POVO PORTUGUÊS NÃO DUVIDA CERTAMENTE.

O PODER TALVEZ.

OS PEDÓFILOS COM CERTEZA.

A JUSTIÇA ... (a ver vamos!)

Força Namora, força Catalina e TODOS aqueles que não desistem da verdade e não temem o passivo de perseguição que ele arrasta.

Antuã disse...

Já cá faltava o anticomunismo. Esta coisa já é muito antiga, é anterior à cassete e até ao gravador de bobines. Só alinha na histórias de comer meninos ao pequeno almoço e em injecções atrás das orelhas quem quer, para não dizer outra coisa. por muito que custe aos lacaios do capitalismo para quem as pessoas são coisas, tal como no tempo da escravatura, a luta continuará! Sejamos claros. Já há 2000 anos alguém dizia que "não se pode servir dois senhores ao mesmo tempo", isto é, as pessoas e o dinheiro.

Inês Afonso disse...

Hà alturas em que se nos calamos, mentimos!Há alturas em que fingimos não ter frio,e isso é mentir! Por vezes rimos alto, para espantar a vontade enorme de chorar, e isso é mentir! E quando fingimos que a dor e sofrimento dos outros, não nos pertence, também estamos a mentir.
O Pedro conhece a dor destas crianças, os tormentos e humilhações porque passaram e passam e têm medo de vir a passar.
Sabe que não mentem, porque conhece a verdadeira mentira, aquela que de tão grande, monstruosa e "importante" chega a ser tida como " manobras" de quem quer prejudicar a nação e as suas importantes figuras, pois são estas figuras que fazem parte desta mentira nacional!
Espero sinceramente que não desistas, camarada Pedro (e aqui o camarada nada tem a ver com os ideais de partido que partilhamos, mas sim com as lutas que partilhamos) e que não deixes nunca de defender essas crianças, que tão poucos se lembram de defender!
Um abraço forte

Inês Afonso

Jorge disse...

Você é um homem de coragem. Continue a sua luta porque algum dia, graças a pessoas como você, viveremos num mundo melhor. Há que acreditar!!!