terça-feira, 19 de julho de 2005

Sonho Impossível


Sonhar mais um sonho impossível
Lutar quando é fácil ceder
Vencer o inimigo invencível
Negar quando a regra é vencer
Sofrer a tortura implacável, romper a incabível prisão, voar no limite improvável,
Tocar o inacessível chão
É minha lei, é minha questão, virar este mundo, cravar esse chão
Não me importa saber, se é terrível demais
Quantas guerras terei que vencer por um pouco de paz
E amanhã se esse chão que beijei, for meu leito e perdão
Vou saber que valeu delirar e morrer de paixão
E assim, seja lá como for, vai ter fim, a infinita aflição
E o mundo vai ver uma flor
Brotar do impossível chão.

(Joe Quest/Mitch Leigh, versão Chico Buarque e Ruy Guerra, cantada por Maria Bethânia)

6 comentários:

abrupto, mas não tanto disse...

Para avisar, embora o Pedro seja dos poucos que compreendo que já tenha que chegue, MAS QUE HÁ MAIS CASAS PIAS ...

OU SEJA , CONTINUA A HAVER, AINDA , SITUAÇÕES COMO AS QUE LEVARAM AO TERROR DA CASA PIA, E QUE É :

Crianças que são violadas .. e com os casos em Tribunal . Mas juizes não ligam, nem ninguém
Crianças que são espancadas, etc, e com os casos em Tribunal -. Como sei ?
O meu filho foi barbaramente espancando, conforme queixa que fiz no processo 137 - a do Tribunal de Família e Menores, em que identifico os autores : mae e cunhado dela .
(OBVIO QUE NÃO PRETENDO AQUI JULGAR A MAMAZINHA ESPANCADORA .. )
O MAIS GRAVE, É QUE PASSADOS DOIS ANOS, E APESAR DE MONTES DE QUEIXAS (ATÉ REPETIDAS ) DO ESPANCAMENTO, O TRIBUNAL RESPONDEU A COISAS SEM NEXO, A MONTES DE COISAS (isto para que não digam que foi falta de tempo ) MAS SOBRE O ESPANCAMENTO DO MEU FILHO - NADA RESPONDERAM, NADA FIZERAM, NADA DE NADA
É COMO SE EU, QUAL MESTRE AMÉRICO, NEM EXISTISSE .

E SEI DE MAIS CASOS, COM CRIANÇAS QUEIMADAS, VIOLADAS, RAPTADAS, ETC ..
E TUDO EM TRIBUNAL, ATENÇÃO

AGRADEÇO, NÃO EM MEU NOME, MAS DO MEU FILHO E DESTAS CRIANÇAS, QUE ALGUMAS CONHEÇO , TODA A AJUDA POSSÍVEL E IMAGINÁRIA

O MAIS SIMPLES : PÔR UM LINK , E DIGO ISTO PARA TODOS OS BLOGUERS QUE AQUI VEM

MAS DEPOIS, É PRECISO FAZER MAIS

SEM, QUE NÃO POSSO CONTAR COM MONTES DE GENTE, ALIAS, COM NINGUÉM , MAS SE 1 OU 2 PESSOAS APARECEREM, SEMPRE É BOM ...
E SALVAMOS CRIANÇAS

O Pedro N, é dos poucos a quem não peço nada, pois calculo a pressão em que ele vive ..
Só se puder, Pedro Namora

MAs a todos os outros, e para o meu filho e para outras crianças e casos identificados, peço ajuda, mas em força
há mais casas pias aí - quer dizer, mais crianças torturadas debaixo de Tribunais

É preciso fazer muito mais

Obrigado
Paulo Quintela

blogue " abrupto, mas não tanto "
link
http://partidaritenao.blogs.sapo.pt/

Anónimo disse...

Já não há pachorra para aturar o Quintela.

Deixe-se de tretas e apresente PROVAS!

Consultei o seu blogue e não vi nada do que diz.

Você é tolo ou anda a gozar com a gente?

Blog Abrupto, mas ... disse...

Adoro estes mentirosos anónimos, que nos blogues dos outros , depois da pessoa deixar uma mensagem nos ofendem, quando fazemos denuncias de espancamentos de crianças que tribunais nada resolvem, violações, etc

Porque não foi este(a) energumeno ao meu blogue ? me chamar nomes, e pedir as provas ? Mas pós aqui, sabendo que seria dificil eu voltar ??

E só vi mesmo este post novamente por acaso ..

Enfim, deve ser algum pedófilo(a), ou relacionado (a), com medo até de ir ao meu blogue,

Com medo que se vejam mais pais a queixarem-se que tal como dantes na Casa Pia, continua a haver em Portugal, casos e queixas em tribunal, de pedofilia, espancamentos de Crianças, etc, que Juizes nada ligam ..

Blog Abrupto mas .. disse...

Ainda por cima, a lata é tao grande, que se fosse mentira o que digo, não punha o meu nome, o numero do processo, a minha foto, etc ..

Só preciso mesmo, é de ajuda para tornar este caso público .



PQ

Marco disse...

Pedro,
Uma coisa é indiscutível: tens bom gosto musical!
:-)

Sérgio Ribeiro disse...

Meu Caro Pedro,
Uma dúvida... conheces a versão Brel: La quête, extraída da "ópera" "O Homem da Mancha", Joe Darion/Brel/Mitch Leigh?
Para mim, é esmagadora!
Luter toujours sans question, sans repos... je ne sais si je serais ce hero... pour attendre l'inacessible étoile.
Grande abraço!