quarta-feira, 1 de junho de 2005

Furnas


Descalço, o menino zela pelo almoço dos turistas.

2 comentários:

GR disse...

Um dia da Criança,
364 dias contra elas!

Logo após a 2ª Guerra Mundial (1945), a Europa, o Médio Oriente e a China entram numa crise económica muito grave, os adultos e sobretudo as crianças desses países, vivem momentos de fome! Os pais dessas crianças para superarem as dificuldades, tiram os filhos(apesar de muitas crianças serem orfãs, devido à Guerra) das escolas, em troca de um trabalho duro, quase sem horários e mal remunerado. Mais de metade das crianças da Europa não sabem ler nem escrever, e as péssimas condições de saúde eram cada vez mais preocupante. Em 1946, um grupo de países da ONU (Organização das Nações Unidas) começou a tentar resolver o problema. Foi assim que nasceu a UNICEF. Era muito difícil trabalhar em prol das crianças, uma vez que nem todos os países estavam de interessados nos Direitos das Crianças.

Foi então que, em 1950, a Federação Democrática Internacional das Mulheres, propôs às Nações Unidas que se criasse um dia dedicado às crianças de todo o mundo.
Este dia foi comemorado pela primeira vez, a 1 de Junho de 1950.
Com a criação deste dia, os estados-membros das Nações Unidas, reconheceram às crianças, independentemente da raça, cor, sexo, religião e origem nacional ou social o direito a:
- afecto, amor e compreensão;
- alimentação adequada;
- cuidados médicos
- educação gratuita;
- protecção contra todas as formas de exploração;
- crescer num clima de Paz e Fraternidade universais.
A 20 de Novembro de 1950, várias dezenas de países que fazem parte da ONU aprovaram a "Declaração dos Direitos da Criança".Trata-se de uma lista de 10 princípios que, se fossem cumpridos em todo o mundo, podia fazer com que todas crianças tivessem uma vida digna e feliz!
1959 é o ano que estes "Direitos das Crianças" passaram para o papel. Então, quando a "Declaração" fez 30 anos, em 1989, a ONU também aprovou a "Convenção sobre os Direitos da Criança", documento muito completo com 54 artigos! Esta declaração é tão importante que em 1990 se tornou LEI INTERNACIONAL!!!

Tudo um bluf! Dia Mundial da hipocrisia!

Os Açores é um paraíso para quem o visita! Mas um inferno, para muitas crianças que lá vivem!

As fotos são lindas!

Um abraço!
GR

Carlos Silva disse...

Caro GR

Hoje o dia não lhe correu bem!
Ou não gosta mesmo do Dia Mundial da Criança?
Ainda bem que existe a Declaração dos Direitos da Criança, apesar de tudo, ajuda a atenuar algumas das arbitrariedades de muitas que se fazem!
Temos é que ter calma!

Parabéns Pedro!
A fotografia para mim, está mais do que bonita, pois a criança está com a camisola do FCP!

Um forte abraço,

Carlos Silva