quarta-feira, 2 de novembro de 2005

TODO APOIO A OLIVERIO MEDINA

Retirado do site RESISTIR, fica aqui o seguinte apelo
O governo lulista ameaça entregar o Padre Oliverio Medina aos seus carrascos na Colômbia, entregá-lo ao regime do narcotraficante Uribe. É preciso dar todo o apoio àquele representante diplomático das FARC-EP, que vive há longos anos no Brasil. É preciso impedir que o governo Lula, cúmplice do imperialismo, venha a consumar este novo crime. Assine a petição on line para conceder o estatuto de refugiado ao Pe. Oliverio Medina e evitar, assim, a sua extradição para a Colômbia.
http://www.PetitionOnline.com/cura2005/petition.html

2 comentários:

GR disse...

OLIVÉRIO UM HOMEM SOLIDÁRIO!

Francisco António Cadena Colazzos, mais conhecido como Padre Olivério Medina, desenvolveu um trabalho durante oito anos (1975-1983), em prol dos mais carenciados. Ainda jovem, o padre colombiano, respeitado no meio da comunidade camponesa em Neiva – Colômbia, lutava para que todos tivessem direito, à saúde, educação e alimentação! Os paramilitares de extrema-direita, perseguem-no e ameaçam-no de morte. É obrigado a refugiar-se nas montanhas. Troca o sacerdócio pela guerrilha (1983) FARC – Exército do Povo. Juntamente com os guerrilheiros, tentam uma solução pacífica para os problemas do povo colombiano.
Em 1997, Olivério vai viver para o Brasil, dedicando-se a divulgar a situação do seu país e a luta das FARC –EP. Em 2001 organiza o “I Encontro Internacional para a Paz na Colômbia” realizado em El Salvador. No dia 24 de Agosto 2005, foi preso pela Polícia Federal brasileira, apoiados por agentes colombianos e a Interpol. A prisão foi decretada por o Supremo Tribunal Federal em resposta a um pedido de extradição do governo colombiano para adoptar medidas de investigação, a um suposto crime cometido em 1991. Trata-se de tribunais especiais, baseados num decreto que define como terrorismo, entre outras coisas, a greve em sectores estratégicos, sujeita a vários anos de prisão. A justiça colombiana faz parte da estrutura do terrorismo de Estado. São inúmeros os massacres de camponeses pelo exército ou pelos paramilitares. Mais de 3 milhões de camponeses foram despojados violentamente de suas terras. Quatro mil líderes sindicais foram assassinados entre 1982 e 2004. Repetem, agora, outras acções anteriores, com o mesmo objectivo: capturar num país estrangeiro um quadro destacado das FARC-EP, levá-lo para a Colômbia e entrega-lo depois aos EUA.
Nunca o padre Olivério violou as leis brasileiras, tem visto de residência permanente no Brasil e é pai de uma criança brasileira.
A entrega de Olivério ao governo colombiano será um risco para sua integridade física e para sua própria vida, e colocaria o Brasil numa posição contra os direitos humanos.
Ler mais: http://www.vermelho.org.br http://www.resistir.info

URBANO TAVARES RODRIGUES, escreveu uma carta ao seu amigo e camarada Olivério Medina! Uma belíssima prova de solidariedade, amizade e confiança! http://www.resistir.info/mur/oliverio_medina.html


Que mais se pode dizer?
Lula da Silva, tenha vergonha!

GR

a.castro disse...

Done! (122 e 148)
Abraço
Malaposta