quarta-feira, 28 de dezembro de 2005

A quem interessa a discussão estéril?

Como o país não tem problemas, o essencial da campanha presidencial, ontem - e seguramente nos próximos dias -, foi o vendaval de críticas que desabou sobre uma sugestão do candidato Cavaco Silva. O absurdo já não incomoda, nem a desfaçatez. Se querem que o homem desça nas sondagens apontem-lhe a governação passada, vergastem-lhe as propostas que defende, arrasem-lhe os objectivos que propõe. Mas isto senhores?
Que mal tem sugerir ao executivo a criação de determinada pasta governamental? Cai São Bento? E algum candidato a Belém pode garantir que, durante a campanha em curso, só defendeu exclusivamente ideias e propostas enquadráveis no conjunto, limitado, dos poderes presidenciais?
Não nos chamem estúpidos. Esta peixeirada estéril e demagógica só serve um objectivo: esconder que se a esquerda não possui hoje um candidato comum, capaz de lutar contra Cavaco, tal se deve à arrogância do PS. A mesma que entregou à direita a Câmara de Lisboa e que dentro de pouco tempo fará o mesmo com o governo do país.

4 comentários:

GR disse...

Mais uma vez estamos numas eleições, desta vez presidenciais!
É por mais evidente que a situação entre candidatos é muito agressiva e a procissão ainda vai no adro!

Alguns candidatam-se não por amor ao país, nem para salvaguardar o bem-estar dos portugueses, apenas para salvaguardar o bem-estar económico das multinacionais, de interesses dos grandes projectos preconizados por este governo, sacrificando o erário
Público, consequentemente o povo! Será só de projectos?!!! Não haverá decisões jurídicas em jogo?!!!

Efectivamente é difícil definir nesta campanha, a diferença entre pelo menos dois candidatos, se um mau o outro não é melhor!

O candidato do PS, está a fazer uma campanha (pré), como sendo um homem que deu o seu melhor por Portugal, como ele hoje dizia:
” Quando fui primeiro-ministro, também mandei apertar o cinto, para salvar o país da crise”! Curiosamente Cavaco Silva, também o fez! Não sei o que salvaram, sei sim que o povo português ficou muito pior!
Se Mário Soares for Presidente da República, tudo fará a favor do actual governo, pois se foi este que o escolheu! Do mesmo modo penso que se Cavaco Silva for eleito, trabalhará em grande consonância com Sócrates, ambos fazem uma política neoliberal!

Em suma estaremos tramados, seja com um ou com o outro!

Daí, o PS hipócrita como já vai sendo hábito, levantar grandes celeumas, para esconder as verdadeiras questões! Nunca ouvi Mário Soares criticar CS, quando este reconhece o bom desempenho deste governo e do ministro Sócrates!
A atitude antidemocrática do PS, pela voz de Jorge Coelho, pedindo a desistência dos outros candidatos, também não ofendeu MS! Porque razão o PS, não contribuiu para o debate onde houvesse consenso, para um candidato único da esquerda?
Mas desde quando o PS é de esquerda? Mas quem disse que eles querem alguma coisa com o PCP?

Alegre! Não lhe chamo palhaço, pois tenho respeito pela arte circense! Mas o que quererá Alegre? Ele como deputado do PS, votou sempre pelo seu partido. Quando não vota, sabe que o voto dele não é necessário! Não chamo a esta posição coerência, chamo sim covardia! Fuga à responsabilidade, metendo a cabeça na areia!
Diz agora que “Nada ficará como antes, em Portugal “. Pois não! fica igual, de mãos dadas com o Sócrates. Como foi a politica do PS, neste últimos anos?
Desafia Jerónimo de Sousa, dizendo: “gasta mais energia a combater a minha candidatura do que a de direita». Pobre narcisista!

Depois temos o outro, o do BE! Por muito que se esforce, por muito mupis diferentes que coloquem nas ruas, tem passado despercebido! Já ninguém tem vagar para o ouvir!

Para mim,
Há uma só candidatura, há um só candidato!
Jerónimo de Sousa!
Este candidato defende a Constituição da República, a construção no nosso país, de uma democracia política, económica, social e cultural! O respeito pelo ambiente, pelo desenvolvimento sustentado. Defende uma política na defesa do emprego, na produção nacional, na educação e na cultura.
Porque este candidato tem provas dadas na defesa intransigente de um Portugal com futuro, para uma vida melhor!
Porque este candidato vai levar a sua candidatura até às urnas e “IRÁ ATÉ ONDE OS PORTUGUESES QUISEREM!”, como ele tão bem o disse!
Por todas estas razões votarei num só candidato!
Dando-se as “voltas” que se der, Jerónimo de Sousa será o meu ÚNICO candidato!

GR

GR disse...

Pedro,
Neste último dia de 2005, agradeço o que descobri no teu blog!
Ri, entristeci, revoltei-me, reflecti, deleitei-me com os teus textos, imagens e poemas. Aprendi!
Reforcei a continuidade na Luta, nas Lutas! Por tudo isto, o meu muito obrigado!

AMIGO, BOM ANO 2006!

Gostaria de acreditar quando desejo um Bom Ano a um amigo/a, não pensassem que estou a troçar! Poderão eles dizer, como é possível um Bom Ano com esta situação?
Se conseguires esquecer que 2006 vai ser um ano duro, mais injusto e de grandes Lutas sociais!
Se conseguires esquecer, entre o velho minuto que termina e o novo minuto que começa, as torturas, as crianças que pelo mundo morrem de malária, de sida, de fome, na guerra, a mando de ditadores senis e fascistas!
Se conseguires esquecer num breve minuto, que no primeiro dia de Janeiro, sobem os transportes, a água, a luz, o pão, as portagens, os combustíveis, consequentemente subirá também os bens de primeira necessidade! Esquece, os ordenados que continuam escandalosamente baixos, assim como as reformas!
Se conseguires esquecer que estamos a ser governados por homens sem escrúpulos,prepotentes que não gostam deste rectângulo onde até já o mar nos rouba a terra, os seus habitantes não riem, sorriem tristemente! Rectângulo vendido diariamente em pequenos retalhos a estrangeiros! Esqueletos vivos de antigas fábricas, jazem abandonadas, sendo veladas por muitos milhares que nelas durante décadas trabalharam e hoje nada têm!
Se conseguires esquecer, que somos um país onde abandonam crianças ainda com o cordão umbilical, morrendo de hipotermia. Pais que espancam, queimam, violam os filhos. Esquece que neste país, afogam meninas. Tenta também esquecer que um padre vaticinou
“ é mais grave fazer um aborto que morrer assim, afogada(assassinada) pela família”.
Se conseguires esquecer, as grandes injustiças na nossa magistratura, porque o poder politico se sobrepõe, controla o poder judicial. Que o réu passa de inocente, simpático, inofensivo e a vitima,mesmo tendo provas do mal que lhe fizeram é culpada,
incriminada, o processo esquecido(!!!).
Se conseguires esquecer, que todos os que lutam a favor da criança mal tratada, violada e humilhada, é um cidadão a abater!
Se conseguires esquecer, que o povo está revoltado!
Se conseguires esquecer tudo isto, entre o minuto velho que termina e o novo minuto que começa, então, num só minuto desejo que sejas muito feliz!
Nesse minuto beija quem amas, abraça com o teu olhar protector, amigo e terno os teus filhos! Sorri para o desconhecido que passa por ti. Abraça o Amigo que nunca te abandona, mesmo quando raramente te vê, estando ao teu lado sempre que necessitas!
Recorda, há sempre alguém que pensa e se preocupa contigo!
Lembra-te, na tua Luta muitos milhares te seguem! A Luta não pode parar e VALE PENA LUTAR!
É nesse breve minuto amigo, que desejo do fundo do coração toda a felicidade para ti e toda a tua família.
É nesse breve minuto que digo,

UM BOM ANO 2006

GR

Pedro Namora disse...

Obrigado Guida, por tudo quanto nos deste. Feliz ano de 2006!

zoltrix disse...

desculpa lá, mas....: " este governo vai entregar o futuro governo à Direita..."?
Então não é JÁ um governo de direita?