sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Sócrates, o finório

José Sócrates é um espertalhão: depois de ontem ter ficado claro que mentiu aos portugueses quando garantiu referendar o novo Tratado Europeu, hoje arranjou forma de colocar um manto pesado sobre o assunto. E nada melhor do que tirar da sacola da banha-de-cobra, a decisão do novo aeroporto. Assim pensará o putativo engenheiro calar a indignação reinante.

À mesa do almoço, todos concordavam: o homem é inteligente. Assim não se fala do que não lhe interessa. Cala-se a iniquidade dos aumentos miseráveis das pensões de reforma e a mais recente embrulhada de Alberto Costa, que anuiu vender ao próprio sócio – António Lamego – um imóvel do Estado, por um preço inferior ao que o Ministério da Justiça suportou quando o adquiriu.

Cala-se a monstruosidade do ministro Correia de Campos, dilecto apoiante de Paulo Pedroso, que não descansará enquanto não destruir o Serviço Nacional de Saúde. E a destruição do regime de acesso à Justiça para as pessoas de menores rendimentos, o que, associado ao monstruoso aumentos das taxas e custas judiciais, significa na prática a impossibilidade de recurso aos tribunais para milhares de portugueses.
Silencia-se o drama de mais de 150 mil famílias que ficaram sem casa por não poderem pagar as prestações mensais dos empréstimos, enquanto os bancos engordam com lucros fabulosos.
Isto ainda não é Chicago? Talvez não. Mas talvez o próprio Al Capone se sentisse mal com tanta baixeza.

7 comentários:

F@5t P3t3r disse...

Quando comentadores ainda dizem que prometer uma coisa na campanha e fazer outra quando se está eleito, não é grave e é normal...
Enfim, já foram tantas as mentiras eleitorais que nem é bom pensar.

poesianopopular disse...

Pedro
Agora ,para não enfrentarem as pessoas da Ota, dizem que ainda falta um estudo de opinião,ainda não é definitivo que seja em Alcochete.
É tudo na base das meias verdades, ou meias mentiras, estes gajos são autenticos terroristas politicos.
Vêja-se a friesa com que:-queriam impor aos pensionistas o mísero aumento pago em 14 meses, isto é sadismo do puro, quando o próprio PR vem denunciar, os gestores que auferem u salários 30 vezes superiores ao de um funcionário da mesma empresa. É caso para dizer sangam-se as comadres!
Viva a blogosfera, a luta continua!
josé manangão

Anónimo disse...

até os mafiosos italianos se enojam com a crueldade dos políticos de alto coturno.
e agora esta.
Como nós construímos nossa realidade com o pensamento [e a energia movimenta-se de forma circular, e portanto seus pensamentos voltam para você], se pensarmos constantemente que "um dia eu vou ter que morrer" [mesmo que apenas em nível subconsciente], o seu lugar no cemitério estará garantido...Portanto, cuidado com o que você pensa! Vigie seus pensamentos com o seu livre arbítrio! Selecione apenas coisas boas para pensar...Não se preocupe com as notícias negativas que constituem a maioria das informações dos meios de comunicação usuais [jornais, rádio, televisão, etc]. Emoções negativas matam!

Saúde perfeita para todos, imortais!

poesianpopular disse...

Mas onde é que eu já ouvi esta lenga-lenga!
ò anonimo, o que tu queres sei eu!
Vai vender banha para a tua rua, eu gosto mais de azeite!
josé manangão

Fernando Samuel disse...

Al Capone?: esse era um menino de coro, comparado com estes mafiosos.

Antuã disse...

Eles não nos calarão. Os assassinados a caminho dos hospitais ou nos hospitais despromovidos também falarão ao nosso lado.

GR disse...

Um post muito bem feito.
Contudo, eles bem podem tentar esconder mas, a verdade é como o azeite!
No verão, quando começarem a morrer jovens e idosos e não tendo urgências para os socorrer… quando a fome começar a crescer na inexistente classe média… quando virem indemnizações chorudas, nas mãos de culpados…
O povo amorfo vai acordar. Tarde, mas acorda!

Anónimo,
será da ASAE? bravura não lhe falta! Escondido, meias palavras, ameaças (?) já sei é o Sócrates!

A Camorra Napolitana comparada com este desgoverno, bufos e outros quejandos são uns anjos!
Caímos no fundo!

GR