segunda-feira, 23 de julho de 2007

"Quando te sentires encurralado e estiver tudo contra ti, a ponto de parecer que não aguentas nem mais um minuto, nunca desistas, porque é precisamente aí e então que a maré muda."


Harriet Beecher stowe, (1811 - 1896)

5 comentários:

Victor Nogueira disse...

Pedro
Em acréscimo do meu comentário anterior, de Álvaro Cunhal, transcrevo: " Os comunistas não têm uma concepção ideológica separada de uma intervenção prática. Ao contrário da Religião, não aceitamos o conformismo e a resignação. Não estamos a lutar por uma concepção; estamos, com uma concepção, a lutar pela solução de problemas concretos da humanidade e por uma transformação da sociedade que os resolva. Estamos cá na terra, com os pés assentes na terra"
Um abraço
Victor Nogueira

GR disse...

A esperança, o desejo que cada um de nós tem de mudança, de justiça é lento, por vezes cansa.
Há lutas difíceis, lentas! Contudo, se acreditamos os objectivos serão conseguidos!
É uma perspectiva positiva de estar na vida.

GR

Maria disse...

Quanta verdade nestas palavras, sábias, Pedro... quanta verdade....

Um abraço

josé Manangão disse...

Força Pedro!!!a maré vai mudar
porque nós queremos, e vamos conseguir!!!!!
Só a verdade é revolucionária.

José Manangão
http;//poesianopopular.blog.sapo.pt

Mar Arável disse...

ABRAÇO AMIGO - FORÇA