terça-feira, 11 de dezembro de 2007

Insolente Sócrates

Acabo de ouvir o senhor José Sócrates na Assembleia da República. Interpelado por Jerónimo de Sousa sobre a dramática situação na educação especial, que afecta crianças deficientes de todo o país, o ainda primeiro-ministro recorreu ao blá-blá do costume para arrancar aplausos boçais aos seus apaniguados.


Diga-se o que se disser, o poder responde sempre o mesmo. Nada interessa: o desprezo é uma conquista do nosso sistema democrático. Jogado à cara dos eleitores incautos, reiteradas vezes. Até quando?


Na turma do meu filho, no ano passado, um menino surdo esteve meses sem o acompanhamento que a lei estipula. Situação que aliás é comum à generalidade das escolas. Meses em que foi criminosamente privado de escola. E este Sócrates é um insolente tão insensível que se limita a responder com demagogia aos problemas apresentados. Que vergonha.

11 comentários:

Bolota disse...

Caro Namora,


Também eu ouvi o “ Engenheiro “ e é como diz, o homem é simplesmente uma máquina a papaguear.

- Coloca continuamente os Professores no desemprego, hoje acusa as oposições de estarem contra os Professores porque discordam dos seus pontos de vista.
- Ontem os Professores eram os culpados de todos os males, hoje são respeitáveis, bem formados e tecnicamente perfeitos.

Será que estes Engenheiros…não percebem que nós também pensamos???

Um exemplo: Poupança de 396 milhões na Saúde
http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=269381&idselect=11&idCanal=11&p=200 Um milhão de portugueses está à espera de médico http://www.correiodamanha.pt/noticia.asp?id=269330&idselect=10&idCanal=10&p=200


Um abraço

PS: Um apelo…quem poder ajudar como se esconde um link, o Bolota agradece.

manangão disse...

Pedro.
Tenho duas netas, que frequentam uma escola primária, no centro de Lisboa.
A directora, pediu aos familiares dos alunos,para pintarem o refeitório,e fazerem cortinas,pois a escola não tinha verba para tal.
Que País é este, que gasta milhões em cimeiras,e as esccolas estão a cair de podres!
A Cãmara de Lisboa,tem que contraír um emprestimo para pagar dívidas. No início do ano vão aumentar os transportes e, o que mais se verá.
Quem nos livra destas aves de rapina?
José Manangão

GR disse...

3 de Dezembro assinala o dia da Pessoa com Deficiência.Não o "Dia da Pessoa Privilegiada" como diz Sócrates!

Um dia normalíssimo sem festejos nem lamúrias, não fosse o PCP ter realizado uma Conferência "Em defesa dos Direitos de Pessoas com Deficiência” e ninguém tinha reparado!
A criança com deficiência só pede os seus Direitos, aliás, foram prometidos (por acaso por um grande mentiroso)!
Como é possível? crianças com deficiência não terem professores com nível académico no ensino especial, para as ensinar? Alguns professores estão revoltados por terem sido colocados, reconhecendo que nada podem fazer. E as crianças? sentem-se tristes!
Para além do gravíssimo problema do ensino especial, mais uma vez aqui as crianças são marginalizadas. Há ainda uma série de gastos quase impossíveis de serem suportados pelos pais. As próteses auditivas caríssimas, atingindo os 2000 €, sendo substituídas anualmente, as consultas de especialidade como otorrinolaringologia, audiologia, terapeuta da fala, entre outras.
As crianças (jovens ou adultos) com deficiência qualquer que ela seja, têm muitos outros encargos adicionais no seu quotidiano; médicos da especialidade, fisioterapia, medicamentos, cadeiras de rodas, próteses variadas, transportes próprios, calçado próprio, etc..
Porém, este desumano desgoverno, com a sua insensibilidade retira benefícios fiscais a quem mais deles precisa. Sócrates aumenta as contribuições, com base no Orçamento de Estado para 2008, aumentando em cerca de 200 € a dedução à colecta.

Também o quotidiano da pessoa com deficiência é marcado por todo o tipo de obstáculos!
Continuamos a ter estabelecimentos com as mais variadíssimas barreiras arquitectónicas. Começando por escolas do ensino básico e terminando nas Câmaras. Depois há (ainda) as ruas com dezenas pilares, dificultando o livre acesso aos invisuais e pessoas com cadeiras de rodas, os multibancos, os cafés e restaurantes,maioria de casas comerciais, quanto às igrejas! como diz Sócrates “os deficientes são privilegiados”, não necessitam de apoio espiritual.

Somos um país terceiro mundista!
Mesmo com a vinda de camelos o nosso 1º burro, continua a desrespeitar, quem mais devia ser apoiado, acarinhado!

GR

Antuã disse...

Parabéns à Gr pela terminologia coerente. É mesmo pessoa com deficiência, ~cidadão com deficiência ou criança com deficiência que se diz. Deficiente é um frigorífico avariado. Já agora diga-se cego em vez de invisual porque o cego tem visual. Quanto ao senhor sócrates ele é coerente com as suas costelas nazis. Qualquer dia afirma que as pessoas com deficiência são a fonte de todo o mal e condena-as com a doutrina clássica do nazismo. Acho desnecessário recordar aqui o que o nazismo fez com estas pessoas e não só.

fotógrafa disse...

O que se há-de fazer, caro Dr...enquanto se tiverem que pagar cimeiras....e outras asneiras...não pode haver dinheiro nem disponibilidade, para o que é na realidade essencial...
Mesmo agora ouvi uma noticia, que a Câmara de Oliveira de Azeméis, pediu um empréstimo, exactamente como a Câmara de Lisboa, e foi-lhe negado!!!porquê? se era exactamente para pagar dividas, como a de Lisboa!!!
Neste país vê-se em tudo, que uns são filhos e outros enteados....
Há dois pesos e duas medidas!
Ora assim não se chega a lado nenhum, com esta cara de dois bicos que o governo tem, não se faz nada de geito nesta terra!!!
É uma feira de vaidades, mais nada!!!
Um abraço

Dijambura disse...

A base das sociedades devia ser a educação mas em Portugal é a falta de educação que impera à mistura com uma grande dose de indiferença e arrogância....até qdo?

fotógrafa disse...

NATAL...solstício de Inverno...

Tempo de mudança e de posio...

Tempo para repensar na nossa vida, fazer balanço...e...vivê-la com alegria!

Por mais escolhos que haja no caminho percorrido, que a LUZ DA COMPAIXÃO,siga sempre na nossa frente, a alumiar as nossas rotas...

Um NATAL, com saúde, e boa disposição e que se não trouxer nada de novo, materialmente falando, pelo menos que renove em nós a vontade de sermos FELIZES!!!

beijos...beijos...beijos, para todos os meus amigos reais...e virtuais!

papagaiodasuica disse...

Nao se trata so desse assunto pois quando enfrentado por qualquer assunto o palhaco rise .
ca de fora ja se pede a substicao desse lambe botas de chefes de estado .
a maioria PS so fez merda e da grosa.

ta nahora de irem todos para o malagueiro plantar batatas.

abrc,do frio.
m.o

O Viriato disse...

Até quando, doutor?

A revolução está em marcha, desta vez não é com espingarda, nem com cravos é com bites e bytes e é a sério.
Em breve o Povo sairá à rua aclamando a Vitória com o dobro da euforia desse saudoso Abril.

Bom Natal e bom ano para o Dr e todos os que lhe são queridos.

Saudação com vénia

Carreira disse...

Desejo um bom Natal ao autor do blogue e a todos os seus leitores.

José Carreira

(www.cegueiralusa.com)

F@5t P3t3r disse...

Respondeu com demagogia!? É a única coisa que ele sabe fazer, agora também faz o auto-elogio, mas realmente a demagogia foi, é e provavelmente será o que Sócrates sabe fazer melhor.